O preço do bitcoin cai para $13,3K depois de atingir o pico de 2019

Um breve desafio de 14.000 dólares produziu uma grande volatilidade para o BitQT, que posteriormente recuou em mais de 500 dólares em horas.

Bitcoin (BTC) recuou para $13.300 em 28 de outubro, após um reteste de seus níveis de resistência de 2019 ter sido recebido com rejeição.

Dados da Cointelegraph Markets, Coin360 e TradingView mostram a volatilidade aumentando durante a quarta-feira depois que o BTC/USD atingiu $13.850.

Depois de não alcançar $14.000, prevaleceram as condições incertas, culminando em um breve mergulho para $13.300 no momento da imprensa.

Um rebote subseqüente viu $13.400 se tornar um ponto focal, com movimentos repentinos para cima e para baixo continuando a caracterizar o mercado.

Na quarta-feira houve uma transação invulgarmente grande para trocar Coinbase a partir de uma carteira desconhecida, um possível sinal de uma venda envolvendo 1.072 BTC ($14,6 milhões). Isto se seguiu a várias transações de grande porte para quantidades idênticas, bem como a transações maiores rastreadas pelo monitoramento do recurso Alerta de Baleia.

Como informou a Cointelegraph, uma transação de US$ 1 bilhão na terça-feira parecia estar vinculada à Coinbase.

Para os analistas, porém, estava surgindo uma distinção clara entre ação de preços a curto prazo e suas implicações a longo prazo. Para alguns, a Bitcoin já havia provado sua maturidade como um ativo, e ganhos adicionais estavam praticamente garantidos nos próximos meses.

Termos de Serviços e Política de Privacidade

Como a Cointelegraph observou, o CEO da Real Vision, Raoul Pal, declarou publicamente que a Bitcoin desafiaria seus máximos de US$ 20.000 no prazo de três meses.

Já o analista do Cointelegraph Markets, Michaël van de Poppe, destacou o significado de superar os US$ 14.000 e virá-lo para apoiar. Em contraste, $13.000 devem agora formar uma grande zona de apoio.